(...) “Se eu morrer muito novo, oiçam isto:

Nunca fui senão uma criança que brincava.

Fui gentil como o Sol e a Água,

De uma religião Universal que só os homens não têm.

Fui feliz porque não perdi coisa nenhuma,

Nem procurei achar nada,

Nem achei que houvesse mais explicação

Que a palavra explicação não ter sentido nenhum”. (...)

F.P. Alberto Caeiro




BlogZine..... Poemas, Devaneios e Contos...


"Há uma coisa tão inevitável quanto a morte: a vida."



...E na osmose que ocorre entre a Divindade e o seguidor, nasce a mosca Varejeira que possou em todo Amor!



“Ou eu encanto a vida
Ou desencanto a morte...

"Todos somos fanáticos para tanto basta que alguém arranhe uma de nossas crenças. "

AMORAL ARNARKIKO PUNK DRUNK ANT TUDO

A felicidade é minha fantasia favorita!




...Fodam-se! Enquanto podem





NO PROFIT!

"O Céu é meu teto; a Terra é minha pátria e a Liberdade é minha religião"



Caso encontre algum erro, aprenda com ele!





"Viver para o nada! ...e negar! a vida

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

PROCURO UM POUSO

PROCURO UM POUSO,
ONDE MINHA MENTE POSSA APENAS POR UM
BREVE MOMENTO PARAR.
PROCURO POR UM ABRIGO,
ONDE EU POSSA MIM PROTEGER DOS VENTOS RUIDOSOS
QUE SÃO OS MEUS PENSAMENTOS.
PROCURO POR UM OCEANO
DE ÁGUAS TRANQUILAS,
ONDE EU POSSA DESAGUAR MINHAS ANSIEDADES.
ONDE EU ME DESCUBRA GOTA
E VIVA ETERNAMENTE NUM IR E VIR DAS ONDAS.
PROCURO POR UM PORTO,
ONDE EU POSSA MIM ATRACAR
E SENTIR A FIRMESA DA ÂNCORA A NÃO ME
DEIXAR A DERIVA NAS VIOLENTAS
ONDAS DO MEDO.
PROCURO POR UM VASIO,
SILENCIOSO...
SEM QUAISQUER LEMBRANÇAS,
NENHUMA IMAGEM.
APENAS UM SABER SOLITÁRIO,
ÚNICO...
ONDE NIMGUÉM ME ALCANÇE.
ONDE EU POSSA FICAR ETERNAMENTE,
SÓ E FELÍZ
raquel.jp10@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário