(...) “Se eu morrer muito novo, oiçam isto:

Nunca fui senão uma criança que brincava.

Fui gentil como o Sol e a Água,

De uma religião Universal que só os homens não têm.

Fui feliz porque não perdi coisa nenhuma,

Nem procurei achar nada,

Nem achei que houvesse mais explicação

Que a palavra explicação não ter sentido nenhum”. (...)

F.P. Alberto Caeiro




BlogZine..... Poemas, Devaneios e Contos...


"Há uma coisa tão inevitável quanto a morte: a vida."



...E na osmose que ocorre entre a Divindade e o seguidor, nasce a mosca Varejeira que possou em todo Amor!



“Ou eu encanto a vida
Ou desencanto a morte...

"Todos somos fanáticos para tanto basta que alguém arranhe uma de nossas crenças. "

AMORAL ARNARKIKO PUNK DRUNK ANT TUDO

A felicidade é minha fantasia favorita!




...Fodam-se! Enquanto podem





NO PROFIT!

"O Céu é meu teto; a Terra é minha pátria e a Liberdade é minha religião"



Caso encontre algum erro, aprenda com ele!





"Viver para o nada! ...e negar! a vida

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Da água ao álcool,do amor ao ódio, da paz a guerra



Sentimentos que altera toda minha percepção,

Transformo-me em um pobre cão sem razão, a deriva. De um mar de ilusão,

Que nado contra maré, afogado nessa comunidade ralé!

Esse é o pobre poeta que vos fala de seus sentimentos sem sentidos. A quem ler não demonstra qualquer sentindo, nem nexo,

Afinal tudo isso é mesmo um problema complexo.

Escrevo para o alcoólatra, o depressivo, o poeta de bar.

Que entende essas palavras, nem é preciso decorar,

Pois vos falo de uma alma que transmite todo o sentimento, a dor, ilusão,

Desses seres, que ao ver da sociedade são sem razão!

Porém, estou aqui para provar, que quem critica é aquele que não tem coração.

Quem nunca sofreu? Escarre o primeiro catarro amarelo, atire a primeira garrafa,

Apague o último cigarro e mande tomar no CÚ! O garçom chato e encerre sua farra.

Pois esses inúteis não são dignos de sua companhia e seus delírios ébrios e sinceros.


Anibal Canibal

Um comentário:

  1. Anibal, tu me supreendeu brother! bem vindo ao mundo dos poetas, os que realmente vivem a vida e não simplesmente cumprem rituais diários para esconder toda a sua fúria por não ser aquilo que realmente quer. Nas palavras tu vai se achar e se conhecer como realmente tu é. Hora humana, ora besta, ora anjo, ora demônio... e não vai ter que travar nenhuna luta entre corpo e espírito como o louco do Apóstolo Paulo escreveu, tu vai saber conviver com qualquer uma das tuas personalidades, desde que elas realmente reflitam o teu interior no momento vivido. E isso significa ser VERDADEIRO E FELÍZ. não é cobrar verdades das pessoas, mas ser sempre sincero consigo mesmo, não importando se gostam ou não. Raquel Free

    ResponderExcluir